26/01/2013 09:00

"Do lixo ao luxo" reune mais de 100 pessoas interessadas na reciclagem

 

Apesar da forte chuva na madrugada de sábado (26), o dia amanheceu bonito e contribuiu para que o evento "Do lixo ao luxo: o ano da transformação" fosse um sucesso e reunisse mais de 100 pessoas. O projeto realizado pela Associação Juntos Podemos Crescer foi patrocinado pela Fase e teve apoio da Paróquia Santa Rosa de Lima e da Brede Água. A abertura foi feita pelo Pastor Roberto, da Igreja Presbiteriana Unida, que falou brevemente sobre a importância da unidade nos trabalhos para a comunidade. Em seguida todos foram convidados a rezar o Pai Nosso, que é considerada a oração universal dos cristãos. Com muita música e animação, o cerimonialista Júlio César conduziu a festa da reciclagem.
 
Carminha (Maria do Carmo Barbosa de Oliveira), presidente da CoopQuitungo, falou sobre a importância da reciclagem na vida dela e contou a história da sua cooperativa, que tem apenas 7 anos e já está consolidada na área. Ela levou muitos produtos produzidos e explicou como e de que materiais eram feitos. Para animar mais ainda os participantes, logo depois o grupo de capoeira Besouro fez uma apresentação com crianças e adolescentes. Sob o comando do Mestre Naja e do professor Albatroz, as aulas são realizadas às quartas e sextas, a partir das 18h, na Paróquia Santa Rosa de Lima.
 
Dando continuidade às palestras, Fausto Pitta, consultor em gerenciamentos de resíduos da Pittambiental (empresa parceira da ReciColeta), falou sobre a produção de telhas produzidas a partir de TetraPak. Além do benefício do reaproveitamento do material das embalagens, o produto não é propício a rachaduras e reduz em até 30% as altas temperaturas, permitindo assim maior conforto térmico nos ambientes. Na Paróquia Santa Rosa de Lima já há ponto de coleta para embalagens e, no evento, Fausto deixou material para mais um local ser adaptado a esta coleta, que será a Igreja Presbiteriana Unida.
 
Em mais um momento de descontração, o grupo Reluz apresentou a esquete "Espantalhos", que faz parte do musical "O Mágico de Oz". As aulas são oferecidas pela Associação JPC e ministradas pela professora de educação física Karina Pereira às segundas e quartas, a partir das 18h, na Capela Nossa Senhora Aparecida, na comunidade da Ficap. Para fechar o ciclo da programação do dia, Luiz Santiago, presidente da Cootrabon, falou sobre os benefícios dos centros de reciclagem para a comunidade e frisou a importância da organização para esse tipo de trabalho. Com simpatia e descontração atraiu a atenção de todos.
 
Paralelo ao misto de apresentações e palestras, outras atrações aconteciam. As mulheres do grupo produtivo de artesanato da JPC fizeram uma aula de demonstração de artesanato reciclado e uma exposição que mostrava seus produtos e a matéria-prima que deu origem a eles. Entre os mais interessantes havia o sabão feito com óleo usado, as bijuterias feitas com latas de alumínio e revistas, carteira de embalagem TetraPak, além de artesanatos diversos com garrafa Pet. Houve também um ponto de pré-inscrições para dos cursos que serão oferecidos em 2013 pela associação.
 
Os pequenos tiveram o seu cantinho do desenho e um pula-pula, cedido pela Brede Água, para se divertir. Além disso, Luiz, monitor de xadrez, deu uma demonstração do jogo de tabuleiro para os mais concentrados. As aulas e o campeonato de xadrez  acontecem às segundas na Paróquia Santa Rosa de Lima, a partir 18h, e estão de recesso no momento, mas tem previsão de retorno para meados de fevereiro. Para aguentar uma manhã cheia de atividades, foram distribuídos lanche, água, guaraná natural e pipoca quentinha a vontade para todos.
 
Fechando com chave de ouro, foram realizados os sorteio. Shirlley, mãe de uma das alunas do jazz, foi a primeira a chegar e ganhou um multiprocessador com o número 001; A sortuda Stefania, aluna do grupo Reluz, ganhou a cesta de artesanato, pelo sorteio do convite, e o prêmio mais cobiçado da manhã, a bicicleta aro 26. Como forma de agradecimento ao trabalho dos voluntários, que ajudaram na realização, um sorteio especial de uma cesta de chocolates foi realizado e a aluna da alfabetização de adultos, Heide, ganhou as guloseimas. Mas ninguém saiu triste de lá, outros pequenos sorteios foram realizados para os adultos e todas as crianças sairam com um brinquedinho.

—————

Voltar


Contato

Associação Juntos Podemos Crescer

Rio de Janeiro


"Do lixo ao luxo: o ano da transformação"

A galeria de fotos está vazia.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!